Seguros de Saúde Privados no Contexto do Sistema de Saúde Português

10 de Agosto de 2010 / Sem Comentários Bookmark and Share

apsA Associação Portuguesa de Seguradores (APS) disponibilizou em Novembro de 2009 um estudo sobre Os Seguros de Saúde Privados no Contexto do Sistema de Saúde Português.

Segundo Pedro Seixas Vale (Presidente da APS), “pensar o futuro do Sistema Nacional de Saúde em Portugal é uma exigência dos cidadãos portugueses e uma obrigação cívica e profissional de todos aqueles que têm hoje responsabilidade na arquitectura, no financiamento e na operacionalidade desse sistema“.

A APS afirma que tendo a noção que a sua contribuição para o sistema nacional de saúde e para o bem estar do cidadão pode e deve evoluir nos aspectos qualitativos, como também no aspecto quantitativo, apostou na elaboração de um conjunto de trabalhos que se enquadram no tema deste estudo.

Este estudo está dividido em 2 grandes secções, sendo a primeira a cargo de Sofia Silva que descreve o Sistema Nacional de Saúde em Portugal e algumas diferentes experiências na Europa, assim como uma perspectiva evolutiva num horizonte longo (5–10 anos) e a possível inserção do sistema segurador nesse sistema.

E uma segunda secção de que faz parte quatro trabalhos adicionais sobre temáticas concretas com potencial impacto no desenvolvimento do sector segurador na área da Saúde, por especialistas de cada área. Designadamente:

  1. A Moderna Genética de Doenças: Previsibilidade do Risco a cargo de António Coutinho e Carlos Penha-Gonçalves;
  2. O Relevo da Ética e da Informação na Relação Cidadão, Médico, Seguradora tendo como autores João Lobo Antunes e Maria do Céu Rueff;
  3. Caracterização do Estádio de Inovação Tecnológica em Saúde em Portugal realizado por Ana Pascoal e Sara Carrasqueiro;
  4. Dependência: O Financiamento dos Custos e o Contributo da Actividade Seguradora por Eugénio Ramos.

Documentos de apoio:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*