Atlas do Plano Nacional de Saúde

14 de Março de 2010 / Bookmark and Share

Atlas do Plano Nacional de SaudeFoi lançado no 3º Fórum Nacional de Saúde o “ Atlas do Plano Nacional de Saúde (PNS)”. Este Atlas pretende ser um instrumento facilitador do acesso à informação e surge na sequência da monitorização e avaliação do PNS 2004-2010 e do processo de construção do novo PNS 2011-2016. Nele reúne-se e disponibiliza-se informação relacionada com a saúde que se encontra dispersa em fontes e suportes muito diversos e descreve-se a evolução de algumas desagregações geográficas utilizadas.

O Atlas apresenta um conjunto de indicadores do PNS 2004-2010 bem como outros considerados relevantes no contexto da saúde, divididos por 7 capítulos:

i) Nota introdutória;

ii) Contexto demográfico, económico e social;

iii) Recursos humanos e físicos e acções desenvolvidas nos cuidados de saúde;

iv) Despesa em saúde e consumo de medicamentos;

v) Determinantes e estilos de vida;

vi) Como se nasce, vive e morre;

vii) Programas prioritários (doenças cardiovasculares, doenças oncológicas, infecção VIH/sida e saúde mental).

Para cada indicador é apresentada, sempre que a informação disponível o permita, uma “ficha” constituída por um gráfico com a evolução temporal em Portugal Continental, Regiões (NUT II do D.L. de 1999), UE15 e UE27, um mapa com a distribuição geográfica do indicador no último ano disponível (o mais desagregado possível ou com a desagregação mais adequada), um mapa com a evolução entre o primeiro ano e o último ano (diminuiu, manteve, aumentou), fontes, método de cálculo e, no caso dos indicadores do PNS, a Meta preconizada para 2010.


3 comentários sobre “Atlas do Plano Nacional de Saúde

Comentar ou contacte-nos via Twitter @pns

  1. Ao consultar o mapa interactivo, fiquei desiludida relativamente à informação disponível, por exemplo a informação sobre mortalidade por neoplasias…Tx de mortalidade por cancro de: Colo do útero, mama e cólon, apenas…
    Infelizmente há muitos mais…mas não constam.
    DDO(s), também não…
    Seria uma óptima oportunidade para valorizar os dados estatísticos.
    Obrigada pela oportunidade
    Maria Pereira

    • O objectivo do WebSIG é divulgar os indicadores contemplados no actual Plano Nacional de Saúde (2004-2010). Uma vez que no PNS 2004-2010 apenas estão indicados os cancros rastreáveis, a informação que está disponível é apenas referente ao cancro de mama feminina, ao do colo do útero e ao do cólon e recto.
      Na mesma sequência, as Doenças de Declaração Obrigatória não constam dos indicadores do PNS, justificando assim a sua indisponibilidade no WebSIG.

      • Muito Obrigada,
        O álcool faz parte do plano 2004-2010 e é responsável por alguns cancros, principalmente fígado com uma elevadíssima taxa de mortalidade.
        Tendo em conta, que outro dos cancros mencionados, já têm vacina (colo do útero), se a eficácia da vacina é tão elevada, tendo em conta que só estão contempladas no plano de vacinação jovens até aos 18 anos, dá-me a sensação que ficarão muitas jovens por vacinar, logo com uma grande probabilidade desse tipo de cancro continuar a aumentar.
        Porque não possibilitar que mais jovens se vacinem?!
        Muito Obrigada
        Maria Pereira

Os comentários estão fechados.