Satisfação dos Utilizadores dos Serviços Prestados

20 de Maio de 2010 / Bookmark and Share

INEMO Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) deu conhecimento de um estudo realizado em Outubro de 2009 sobre satisfação dos utilizadores dos serviços prestados pelo INEM, nas suas várias vertentes.

Um dos pontos abordados foi a identificação de aspectos positivos e negativos do serviço prestado.

O universo do estudo foi composto pelos sujeitos que, nos últimos 6 meses, contactaram o INEM, através de qualquer um dos quatro CODUs existentes em Portugal Continental.

Visualize:

Um comentário sobre “Satisfação dos Utilizadores dos Serviços Prestados

Comentar ou contacte-nos via Twitter @pns

  1. Na “indústria” dos cuidados de saúde o processo é tão importante como o resultado desejado (que, em termos clínicos, corresponde à cura ou tratamento eficaz).
    A valoração da qualidade percepcionada (satisfação) é da maior relevância para a avaliação da qualidade dos cuidados de saúde, tendo em consideração que o cidadão é o centro do sistema de saúde.
    De facto, só integrando a qualidade percepcionada na avaliação global da qualidade dos cuidados (“valorização” versus “valoração”) é que os serviços de saúde poderão ir ao encontro das necessidades sentidas (psicoafectivas) dos utentes da saúde e, simultaneamente, melhorar o seu desempenho global em termos de efectividade, eficiência, equidade e escolha.
    Nessa medida, saúdam-se iniciativas que, como a presente, têm por finalidade avaliar a satisfação dos utentes relativamente aos serviços prestados pelos serviços e unidades de saúde.

Os comentários estão fechados.