Tecnologias da Saúde: Paradigmas e Paradoxos na Gestão de Pessoas

20 de Setembro de 2010 / Sem Comentários Bookmark and Share

EstudosO estudo intitulado “O Paradoxo das Tecnologias da Saúde: da Racionalidade Paramétrica à Racionalidade Estratégica” de Maria da Conceição de Assis Pacheco Moreira, concluído em Abril de 2010, foi desenvolvido como dissertação no âmbito da obtenção de grau de mestre em Gestão de Recursos Humanos pelo Instituto Superior da Ciência, do Trabalho e da Empresa. Teve como orientador Albino Lopes.

A autora refere que após uma reflexão sobre as formas como a actual conjuntura organizacional altera os equilíbrios consolidados em saúde, construiu, através de uma metodologia de painel de Delphi, um instrumento de aferição do desenvolvimento profissional dos Profissionais das Tecnologias da Saúde (PTS).

Tendo em consideração a reconhecida importância do mesmo a autora não deu o trabalho por terminado e o questionário está em fase de aplicação e recolha de resultados a fim de obter dados que permitam, além da referida aferição, também  a caracterização destes profissionais bem como o estudo de zonas de fronteira de actividades.

O anexo disponibilizado traça um pouco da história destas profissões que só parcialmente fora compilada. Aguarda-se, por parte da autora, o envio dos restante documentos por forma a disponibilizar neste artigo.

Visualize documento:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*